sexta-feira, maio 13

Ser


Eu Sou, não Penso que Sou.
Auto Me Exclui... Isolei-me.
Porque quis, prefiro assim.
Cansei de Co-Existir.
Escolhi a Existência Pura.
Ainda que Penosa e Solitária.
Cansei de me "Nidificar".
Aceitando o que não era Meu.
Sendo o que não era "EU".
Não sou Diferente...
...Não sou Melhor...
...Não sou Pior...
...Apenas Sou!!!
Sou o que Nasci para Ser.
Eu Sou Feliz, Extremamente Feliz.
Não Aceito que me Digam o Contrário.
Pois meu Coração Bate por Mim.
Através de Mim e Para Mim.

Gutemberg de Moura

2 comentários:

  1. Não canso de dizer-te que, quanto mais leio-te, mais encanto-me com tuas palavras!

    Beijos poéticos na alma!

    ResponderExcluir