segunda-feira, maio 9

Amor Akáshico

Você vem feito Tempestade de Areia...
... Vem feito um Cataclismo inevitável.
Você chegou Violentamente empurrando-me para o Abismo do Amor...
... Você Chegou Delicadamente estendeu-me a mão e me pôs sentado na beira do Abismo do Amor.
Para me acalmar falava comigo em Versos...
...Versos que falavam de um Amor Antiqüíssimo... Um Amor que só era Revelado a Aqueles que decifrassem o DNA Akáshico.
Versos que falavam de Dois Seres que se Amavam desde o Sempre...
... Duas Almas interligadas desde a Criação do Tempo... Que se reconheciam um ao outro quando olhavam suas próprias Faces no Lago.
Ela me desejava... Então começou a versar sobre as delícias do Ato de Amar.
Então Eu passei a desejá-la, pois a cada Verso sussurrado todo meu Ser ia ficando cada vez mais Lascivo, Libidinoso e Necessitado.
Fez-me sair de Mim Mesmo... Projeção Astral... Fomos até o Espaço Sidério... Pois conhecemos o caminho não para o Universo, mas sim para o Multiverso... Passeamos entre Universos atravessando Buracos-Negros... Exploramos Galáxias longínquas. Visitamos outros Sistemas Solares.
Cansados!!!
Vamos descansar naquela Nebulosa.
Deite Meu Amor descanse, deixe-me admira-la... Seus cabelos negros e compridos... Sua boca Carmesim instigante em contraste com sua Pele tão Alva... A Luz que irradia de Você... Oh! Sinto-me tão Inebriado, tão Entorpecido...
... Tu És Papoula, Alucinógena, Viciante, Devaneios e Delírios.
Silêncio!!!
Um Beijo!!!
Caricias!!!
Toques!!!
Urgência!!!
O Fogo secreto revela-se!!!
Suor, Suor de Febre, Febre de Amor Antigo.
Ela Geme, Ele Urra.
Ela Estremece, Ele Paralisa-se.
Ela Recebe, Ele Transborda.
Eles Amaram-se.
Em meio a uma Nebulosa, em meio ao Éther.
Eles se Amaram entre Universos no Multiverso...
...E As Estrelas foram-se por Luzes que Iluminam o Amor... E todos os outros Astros lhes foram por Adorno de Alcova.
Silêncio!!!
Vamos aproveitar e guardar este momento.
Pela Eternidade de uma Noite Breve.
Pela Brevidade de um Tempo que se Eterniza.

Gutemberg de Moura

2 comentários:

  1. Belissimo Blog. Desejo todas as bençãos do mundo. Que tudo reverbere em Luz.

    ResponderExcluir
  2. TUDO LINDO, TANTO O BLOG, COMO O POEMA...DIGNOS DE UM SER TÃO ESPECIAL...TÃO ILUMINADO...

    ResponderExcluir