domingo, maio 8

Drosophilósofa

Começo de verão, Dezembro se aproxima.
-- Falta pouco, só mais duas estações—
O calor é grande... Demônio do Meio Dia... Dele exalava um cheiro desagradável... O calor cheirava a Carne Humana.
--Caramba, este trem está muito lotado... Suspiro... Mas falta pouco, e este calor, sinto-me no Inferno--
Fogo... Calor... Calor de Febre... Universo em febre.
Pela janela do trem via-se o Ar Fritando, pelo vidro via-se um Verde incessante pontilhado de Vermelho... Vidro sujo, opaco... Riscado... Turva a Visão.
De repente algo lhe chama a atenção...
Duas Moscas Drosóphilas... Elas voam em círculos e batem-se ao vidro... Novo vôo em círculos e “pum”, batem-se novamente ao vidro.
--Devem querer sair... Ir para o outro Lado--
De repente uma delas voa mais alto e encontra o vão da janela... Ela atravessa, voa, desce e reencontra o vidro... Novamente ela voa em círculos e bate-se ao vidro.
Por um instante as duas Moscas pousaram no vidro, uma de cada lado, ficaram sobrepostas, como num espelho.
A Mosca do lado de dentro, como um raio voou, e voltou ao seu Ritual.
A Mosca do lado de fora, ficou mais um tempo assim... Quando Por fim, saiu em disparada também... Porém seu vôo já não era mais em círculos... Ela voou certeira e sem hesitação... Voou até o vão passou para o lado de dentro e foi até a outra Mosca... As duas debateram-se um pouco.
--Já não dá para saber qual é qual... Ainda não tenho o poder de distinguir Moscas—
As duas Moscas pousaram e ficaram assim por um tempo.
--Acho que uma estava tentando explicar à outra que havia um mundo lá fora... Que havia uma saída... Que a Vida não se resumia em ficar Voando em Círculos e Debatendo-se... Assim penso Eu—
Depois uma voltou ao seu antigo Ritual de voar em círculos... Não deve ter entendido Nada... E a outra voou para o lado de fora, voou um pouco mais em frente o vidro, perto da outra Mosca e Sumiu!!!
-- Que quer dizer tudo isto??? Sei lá??? Deve Ser Delírio do Universo!!!—
-- Mas que Calor Infernal—

Gutemberg de Moura  

Nenhum comentário:

Postar um comentário